TEXTO DE APOIO – A PRIMEIRA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL

Publicado: outubro 3, 2013 em Atividades E.E.E.F.M Senador Argemiro de Figueiredo - Polivalente (2º semestre de 2013), PIBID HISTÓRIA UEPB

TEXTO DE APOIO – A PRIMEIRA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL
foto ´pibid
A partir do século XVIII, após as descobertas científicas provocadas pelo Renascimento cultural e científico, a ciência ingressou em um constante processo de evolução, que desencadeou uma série de novas tecnologias, as quais transformaram de forma rápida a vida do homem, sobretudo no modo de produzir mercadorias. Esse processo acelerou o desenvolvimento do setor industrial e aqueceu o modo de produção capitalista. Essa aceleração no setor industrial é denominada de Revolução Industrial (1º momento). Essa revolução ficou caracterizada pelas importantes invenções que propunham uma reviravolta no setor produtivo e de transporte: a ciência descobriu a utilidade do carvão como fonte de energia e a partir daí desenvolveram simultaneamente, a máquina a vapor e a locomotiva, essas foram muito importantes para o transporte de matéria-prima, para transporte de pessoas e para transportar mercadorias.

Um dos primeiros ramos industriais a usufruir a nova tecnologia da máquina a vapor, foi a produção têxtil, que antes da revolução era produzida artesanalmente. A utilização de máquinas na indústria desempenhava grande força e agilidade. Movida a energia do carvão, proporcionou uma produtividade extremamente dinâmica. Essas transformações trouxeram uma nova forma de trabalho, nesse momento milhares de pessoas deixaram o campo em direção às cidades. Esse acelerado êxodo rural provocou expressivo crescimento nos centros urbanos e acelerou o crescimento populacional modificando a configuração da paisagem urbana. As cidades não absorveram o fluxo de pessoas de forma planejada, com isso surgiram bairros marginalizados, composto por trabalhadores pobres, era o proletariado tão falado por Karl Marx. A primeira revolução industrial aconteceu na Inglaterra onde podemos listar como causas desse pioneirismo: A Inglaterra possuía grandes reservas de carvão mineral em seu subsolo, (a principal fonte de energia para movimentar as máquinas e as locomotivas a vapor) possuíam grandes reservas de minérios de ferro, (a principal matéria-prima utilizada nesse período). A abundância de mão de obra (desde a Lei dos cercamentos de terras) pois havia uma grande massa de trabalhadores procurando emprego nas cidades inglesas. A burguesia inglesa tinha capital suficiente para financiar as fábricas, comprar matéria-prima e máquinas e contratar empregados. Todos esses fatores deram o pioneirismo industrial à Inglaterra. COMO ERA A VIDA DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS? Sem as terras e suas oficinas, só restava ao trabalhador vender sua força de trabalho, por isso passaram a serem chamados de proletários (pessoas que apenas vendem sua força).

Nesse clima de crescimento capitalista para a burguesia e da necessidade de trabalhar dos operários, foi bom para o primeiro grupo, pois quanto mais mão de obra, mais produção pronta para exportação, mais lucro para a burguesia. Ao trabalhador só restava obedecer às ordens que lhes eram dadas. A preferência era empregar mulheres e crianças, pois recebiam metade dos salários masculinos, pela mesma carga horária de 12 a 16 horas por dia. Muitas crianças com menos de 8 anos trabalhavam nas fábricas, apenas para ganhar alojamento e comida. Além das péssimas condições de vida e a exploração, era comum acidentes no trabalho, cansaço insalubridade, o esforço exagerado que era submetido, a pressão psicológica, pois os supervisores (chefes) para lhes vigiar o trabalho e exigir produção.
Nesse contexto exploratório dos trabalhadores da indústria, surge a ideia de SOCIALISMO CIENTÍFICO, protagonizado pelo alemão Karl Marx, advogado, de origem judaica e Frederick Engels, compatriota e colaborador de Marx. Os dois estudiosos foram os precursores do socialismo, pois pregavam o triunfo dos trabalhadores pela luta de classe, através da própria luta do proletariado. Para Marx, como o trabalhador é maioria numa sociedade, ele é capaz de unir-se aos demais e fazer valer seus direitos através das lutas organizadas. É dele a frase: “Trabalhadores uni-vos” pois segundo Marx, a união do proletariado pode se buscar as melhores soluções para o que se sofre no trabalho. Essas ideias de Marx contribuíram para que houvesse ainda nessa revolução a primeira greve operária motivada pelo movimento Ludista (Ned Ludd, líder).

Nesse movimento os trabalhadores foram incentivados a invadir fábricas, destruir máquinas, pois para eles, as máquinas eram culpadas pela situação em que se encontravam, pois ela tirara o emprego manual de milhares de trabalhadores. Os manifestantes sofreram uma violenta repressão, foram condenados à prisão, a deportação e até a forca. Após esse movimento, os trabalhadores se uniram em associação (Associações dos Operários) e veio o Movimento Cartista, onde através de comunicação entre si por cartas, eles adotaram movimentos mais eficientes de lutas e começaram a exigir melhorias para a categoria, surgiu aí os primeiros sindicatos que exigiam: limitação de 8 horas para o trabalho, regulamentação do trabalho feminino, a extinção do trabalho infantil, folga semanal e fixação de um salário mínimo. Consequências da revolução industrial: a produção de bens deixou de ser artesanal e passou a ser maquino faturado, as populações passaram a ter acesso a bens industrializados e deslocaram-se para os centros urbanos em busca de trabalho, as fábricas passaram a concentrar centenas de trabalhadores, que vendem suas forças de trabalho em troca de um salário.

ANEXO WORD TEXTO DE APOIO revolução industrial

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s